HISTÓRICO DOS GARIMPOS DA REGIÃO DO MÉDIO ALTO URUGUAI

inicio

___A atividade garimpeira na região do Médio Alto Uruguai conta com mais de 50 anos. A pedra ametista foi descoberta por acaso por caçadores e agricultores pioneiros que habitavam a região a partir do ano de 1930, segundo dados fornecidos Sr. Pompilio Moreira Bueno, hoje residente em Vicente Dutra, no Rio Grande do Sul.Os primeiros compradores e exportadores de pedras preciosas foram alguns srs. Da família Hering, que residiam na cidade de Seberi na época.
___Durante os anos iniciais, as pedras eram encontradas ao acaso sob as raízes das árvores, córregos e áreas lavradas. Nesta época estas pedras eram comercializadas e levadas para o exterior mais precisamente para a Alemanha, este com tradição centenária na industrialização de pedras preciosas. Isso foi facilitado pela proximidade de colônias alemãs as quais propiciavam grande intercâmbio com seu país de origem.
___Com o surgimento da segunda guerra mundial, o processo se interrompeu. A economia se voltou para o custo da guerra e a atividade se esvaziou.
___Com o término e o passar dos anos, devido ao grande valor comercial das pedras na época, o interesse pela exploração aumentou mais precisamente nos períodos entre safra. Os agricultores começaram a fazer escavações com enxadões, pás, picaretas e uma ferramenta chamada sonda (barra de ferro). Nesta época surgiram os primeiros garimpeiros, que através da experiência do dia a dia do trabalho descobriram a existência da chamada “veia” de pedra sobre a qual realizavam várias cavas, que não passavam de escavações em forma de poço com uma abertura na parte lateral chamada de carreador facilitada pela topografia acidentada. Ainda hoje são encontradas antigas cavas abandonadas que foram abertas naquela época.
___No final dos anos 60 início dos anos 70, iniciou-se o processo de garimpagem com a utilização de compressores de ar e de tratores de esteira que serviam para fazer terraplanagem e encontrar essa veia sem tanta dificuldade, o que proporcionou uma grande produção de pedras preciosas. O ano de 1972 correspondeu ao auge da produção, quando nesta época atuavam na região mais de 100 tratores das mais diversas procedências. Nesta época foram abertas a maioria das rampas existentes, hoje, já no sistema subterrâneo em forma de galerias. Foi a partir deste ano que se iniciou o garimpo na rocha com a utilização de explosivos.
___Para se chegar na rocha, depois do trabalho dos tratores fazerem o corte do morro  ( a abertura da rampa) era trabalhado no tijolo mole (arenito), metros a frente, ele vai ficando mais resistente precisando de explosivos. As primeiras explosões neste material, (basalto), foram feitos com uma picareta num sistema primitivo, um garimpeiro segurava a picareta e o outro batia com uma marreta para fazer um orifício de uns 80cm aproximadamente, e usavam a pólvora piquete (de caça) e a iniciação do fogo com estopim. Com o passar do tempo surgiu a perfuratriz manual, depois mais tarde, as perfuratrizes que funcionavam através de compressores de ar e motor a óleo diesel, a detonação com pólvora caseira feita com salitre, carvão mineral e enxofre , a iniciação do fogo com eletricidade e mais tarde foi substituído o motor a óleo diesel pelo motor elétrico.
 ___A limpeza das galerias, o chamado rejeito, era extraído de dentro das galerias com carrinho de mão, e mais tarde passou-se a utilizar a carretinha agrícola para facilitar o trabalho do garimpeiro.
___Com a crise internacional do petróleo e devido a elevada produção, os preços das pedras caíram e o setor entrou novamente em crise até o final da década de 70.
___Já na década de 80 o setor começou a revigorar devido principalmente à política do governo federal, a qual incentivava a exportação de pedras preciosas.  Neste período iniciou-se a exploração do garimpo subterrâneo, com técnicas um pouco mais aprimoradas. Restaram poucos tratores de esteiras na região, que trabalhavam no sentido de preparar a lavra para a detonação subterrânea, sendo que já se usava o sistema de detonação com a pólvora caseira e a iniciação do fogo com a eletricidade. Nos anos de 88 e 89 o setor atingiu novo age, tanto em produção como em valores.
___Nos anos 90 sofreu grande desestimulo, com a retirada dos incentivos fiscais do governo federal onde a partir daí houve o aumento dos impostos e a elevação dos custos de produção o que tem criado grandes dificuldades para o garimpo. Passados alguns meses o DNPM, Departamento Nacional de produção Mineral, que é um órgão do ministério das Minas e Energia, notificou os proprietários de garimpos da região para se adequar a legislação sob mineração e requeresse a permissão de lavra, pois até então os garimpo eram clandestinos junto a União.
___Então nas conformidades com a nova constituição de 1988 no regimento da lei N° 7.805 artigo 4° de 19 de julho de 1989 a partir desta data, e como já existia a associação de garimpeiros do médio alto Uruguai Ltda, hoje extinta, pensou-se em formar uma cooperativa de garimpeiros, já que a lei somente deliberava a permissão de lavra garimpeira para cooperativas ou empresas brasileiras de capital nacional. A partir desta época após várias reuniões entre proprietários de garimpos foi decidido formar a cooperativa de garimpeiros do médio alto Uruguai Ltda, COOGAMAI. A COOGAMAI requereu junto ao governo federal a permissão de lavra garimpeira de 16.750 hectares de jazida dos oito municípios da região, em que está respondendo a questão ambiental junto a FEPAN, Fundação de Estadual de Proteção Ambiental e efetuando trabalhos de conscientização ara o reflorestamento nas áreas degradadas, e também trabalhos na parte de segurança por se tratar do serviço de garimpagem de alto risco de periculosidade e insalubridade.
___A cooperativa possui hoje mais de 4.800 associados sendo que tem no momento em atividade em tordo de 2.500 garimpeiros.
___A cooperativa sempre faz reuniões nos garimpos e distribui cartilhas de instruções e cuidados que os garimpeiros devem tomar para evitar acidentes de trabalho. Hoje os trabalhos de garimpagem estão sendo feitos no sistema subterrâneo onde em uma camada horizontal na rocha, o garimpeiro encontra a pedras preciosas a qual é usada na fabricação de jóias, e as demais para ornamentação.
___A pedra ametista na região do médio alto Uruguai é encontrada nos municípios de Iraí, Frederico Westphalen, Rodeio Bonito, Trindade do Sul, Planalto e Ametista do sul, o principal deles, onde está concentrada a maior frente de extração e de garimpos em atividade.
___Na região do meio alto Uruguai está a maior jazida de pedras ametista do mundo.
 90% da produção de pedras preciosas desta região é destinada a exportação para  países como a França, Estados Unidos, Itália, Alemanha, Suíça, Canadá, China, Taiwan, Correia, Japão, Austrália, Índia, Espanha e outros.

voltar